Sunday, January 15, 2006

*RESUMO DESTA SEMANA*

O médico diz que o estado de Téo é muito grave
Preocupado, o professor Henrique diz a Miguel que Téo está sem pulsação e o levam para o hospital. Carlos avisa a Alma que alguém precisa impor limites a Roberta. Por sua vez, Roberta percebe que errou feio ao acusar a mãe, e tenta se aproximar dela. Muito magoada com a filha, Alma diz apenas que a avisará, se souber algo sobre o paradeiro de Marcelino. Miguel conta aos colegas que os integrantes da Seita quase mataram Téo. Pascoal continua se negando a aceitar que eles existem, não fará nada e, por isso, eles terão que investigar. O médico comunica ao pai de Téo que o estado do garoto é muito grave. Furioso, Diego diz a Giovanni que, por sua culpa, Téo quase morreu. Ele o acusa de traidor e pede que esqueça que algum dia foram amigos. Franco comunica a Mia que ele e Valéria decidiram viver juntos. Vick diz a Mia que não ganha nada ficando nervosa e a aconselha a fingir que aceita Valéria. Também orienta que, aos poucos, vá mostrando ao pai que Valéria é uma mulher má. Téo continua inconsciente. Josy chega ao hospital para visitá-lo; chorando, confessa que está apaixonada por ele.

Giovanni diz que sabe onde encontrar os nomes dos integrantes da Seita
Josy diz a Téo que o ama e precisa lutar por sua vida. Alma revela a Carlos que se enganou com Roberta, mas agora está convencida de que a filha não a ama. Por isso, está pensando em aceitar os convites que recebeu para trabalhar fora do país. Giovanni diz a Miguel que sabe onde estão os arquivos em que aparecem os nomes dos integrantes da Seita. Roberta alerta Miguel para a possibilidade de ser uma armadilha. Giovanni diz que os integrantes da Seita o obrigaram a fazer coisas que não queria e lhe fizeram muito mal. Os integrantes da Seita sabem que estão correndo perigo, e se reúnem para decidir o que farão. O presidente da Seita garante a Pilar que ninguém conhece sua verdadeira identidade, seu nome não aparece nos arquivos e essa é uma medida para garantir que a Seita jamais acabará. Os membros da Seita encontram Miguel, Tomás e Diego no esconderijo, e colocam fogo nos arquivos. Roberta e seus amigos, para pressionar o professor Pascoal, dizem a ele que Pilar tem um caso com Diego, Tomás e Miguel. Mia agride Viviana, pois está convencida de que foi ela quem contou para seu pai que cantava numa banda.

Pilar confessa ao pai que faz parte da Seita
O professor Pascoal, Glaucia, Roberta e vários alunos encontram o bar em chamas. Felizmente, conseguem resgatar Diego, Miguel e Tomás ilesos. Roberta consegue recuperar alguns arquivos. Viviana e Valéria dizem a Franco que Mia as agrediu, sem nenhum motivo. Mia comenta com Miguel que foi Viviana quem contou a seu pai sobre a banda. O professor Pascoal garante ao Sr. Mendiola que há provas sobre a existência da Seita. Mendiola revela que nessa lista aparecem nomes de filhos de pessoas influentes. Por isso e pelo bem do colégio, essa lista deve desaparecer e só devem ser punidos os alunos que convier ao colégio. Miguel lembra a Viviana que pediu a ela que não contasse a Franco que Mia cantava numa banda. E deixa claro que não confia mais nela. Pilar confessa ao pai que faz parte da Seita, mas garante que ninguém nunca soube sua verdadeira identidade. Alice avisa a Giovanni que o professor Pascoal e o Sr. Mendiola o esperam na diretoria, para informá-lo que será expulso do colégio.

Roberta pressiona Pascoal a fazer justiça
Mendiola diz ao professor Pascoal que precisa obrigar Giovanni a assinar um documento, responsabilizando-se por ter inventado provas contra a Seita e a mesma não existe. Quando os alunos descobrem que Giovanni é o único membro da Seita que será castigado, eles exigem justiça. Roberta deixa claro para Pascoal que, ou ele pune todos os envolvidos, ou a imprensa ficará sabendo como se faz justiça no colégio. Franco fica furioso com Mia, ao descobrir que ela realmente faz parte de uma banda. Ele exige que se despeça de seus colegas, pois não voltará a cantar com eles. Nico, Miguel, Tomás e Diego contam ao professor Henrique que estiveram a ponto de morrer, nas mãos dos integrantes da Seita. Conseguiram provas contra ele que não servirão para nada, pois o Sr. Mendiola e o professor Pascoal desapareceram com elas e só Giovanni será punido. Miguel diz a Mia que Roberta viu, quando Mendiola entregou a Rodrigo as provas de que a Seita existe, e agora estas não aparecem. Rodrigo seqüestra Roberta e avisa que se arrependerá, caso continue criando problemas para a Seita. Diego foge do colégio, para procurar Roberta.

Cosme diz a Giovanni que se envergonha de ser pai dele
Rodrigo tenta violentar Roberta, mas Diego chega e os dois brigam violentamente. Diego e Roberta conseguem dominar Rodrigo e o levam de volta ao colégio. Eles chegam no momento em que Leon está criticando a maneira como o diretor trata os alunos. Os alunos aproveitam para comentar com Leon sobre a Seita. Leon adverte Pascoal e deixa claro que, se não expulsar todos os integrantes da Seita, ele, pessoalmente, se encarregará de fechar o colégio e denunciará Rodrigo como o cabeça desse grupo de fanáticos. Cosme diz a Giovanni que se envergonha de ter um filho que se esqueceu de sua origem humilde, e agora despreza os colegas bolsistas. Decepcionado, Cosme informa ao filho que o fato de ter dinheiro não o faz melhor do que os outros. Ele comunica ainda que vai alugar uma casa, para que viva sozinho e faça o que quiser, desde que não fique perto de sua mãe. O professor Henrique explica a Leon que não acredita que mandar os membros da Seita para a cadeia seja a melhor solução, pois conversou com os pais desses alunos e eles se propuseram a submeter os filhos a um tratamento psicológico. Emocionado, Giovammi relembra a maneira como tratou sua mãe.

Alma pede a Franco que deixe Mia cantar na banda
O professor Henrique beija Renata, e diz a ela que agora já tem um motivo para ir se queixar com o Sr. Mendiola. Sarcástica, Renata responde que eles não falam sobre bobagens. Nervosa, Mia diz a Miguel que ele não soube escolher a namorada e, por culpa dela, seu pai a proibiu de cantar na banda. Giovanni admite para Tomás e Diego que se portou muito mal com seus pais, colocou em risco a vida de Téo e traiu seus amigos. Arrependido, ele afirma que não sabe como consertar o estrago que fez. Tomás e Diego dizem a Giovanni que ele errou mas, como amigos que são, estarão sempre a seu lado e o convidam para viajar com eles nas férias. Cosme vai até o colégio buscar Giovanni, para conhecer o apartamento que alugou para ele. Desconcertado, Giovanni pergunta se é verdade que não o levará para viver com eles. Cosme responde que sua mãe não quer que ele more em sua casa, e não faz idéia do que aconteceu entre eles. Alma defende Mia diante de Franco, e pede a ele que deixe a filha cantar na banda. Carlos lembra a Franco que ele também já fez parte de uma banda. Alma comenta que não consegue imaginá-lo cantando em uma banda, com essa personalidade tão dura.